O aluno do 9º termo do curso de Direito Yohan Dadamo (ao centro) recebeu das mãos do reitor da UniFAI, Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva, alguns livros como premiação do concurso de artigos científicos instituído em comemoração aos 30 anos da Constituição Federal de 1988; participaram do ato de entrega o coordenador do curso de Direito Prof. Me. Igor Terraz Pinto, a coordenadora do Grupo de Estudos de Direito Constitucional e coordenadora de extensão da área de Humanas da UniFAI Prof.ª Dra. Fernanda Butarelo e o Prof. Esp. Eduardo Fiorillo (Foto: Arquivo Pessoal)

O reitor do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva, entregou livros na última quinta-feira, 28 de fevereiro, ao aluno do 9º termo do curso de Direito Yohan Karan Facco Dadamo, que venceu o concurso de artigos científicos instituído em comemoração aos 30 anos da Constituição Federal de 1988.

O trabalho intitulado “Três décadas de Estado utópico de Direito: a culpa dos governantes” foi apresentado por Yohan que utilizou, para participar do concurso, o pseudônimo “Sonhador Ziraldo”. A sua identidade foi revelada no evento em comemoração aos 30 anos da Lei Maior, realizado em 5 de outubro de 2018, organizado pela professora de Direito Constitucional, coordenadora do Grupo de Estudos de Direito Constitucional e coordenadora de extensão da área de Humanas da UniFAI, Prof.ª Dra. Fernanda Stefani Butarelo.

O reitor da UniFAI, acompanhado da professora Fernanda, do coordenador do curso de Direito, Prof. Me. Igor Terraz Pinto, e do Prof. Esp. Eduardo Fiorillo, ressaltou a importância da iniciativa que estimula a reflexão sobre a Constituição da República Federativa do Brasil e parabenizou o aluno vencedor, bem como todos os alunos que participaram da atividade de extensão.

A professora Fernanda, idealizadora do Prêmio Constituição Cidadã, que se encontra em sua 2ª edição, agradeceu a participação de todos os estudantes, o comprometimento dos alunos do Grupo de Estudos de Direito Constitucional que ajudaram a organizar o evento e lembrou que o artigo escrito por Yohan faz uma importante reflexão sobre o distanciamento entre as promessas constitucionais e a realidade brasileira.

“Fico muito entusiasmada com o empenho e o desempenho dos alunos do curso de Direito da UniFAI, especialmente quanto às reflexões constitucionais. O Yohan mostrou-se muito corajoso, pois enfrentou um tema bastante desafiador, soube cuidar da fundamentação jurídica e realizou uma brilhante conexão com a realidade brasileira”, destacou Fernanda.

O aluno Yohan contou que escreveu o artigo durante as suas férias e que realizou uma profunda pesquisa, resultando no artigo apresentado. “Estou muito feliz com a oportunidade de ter participado do Prêmio Constituição Cidadã e os livros serão muito importantes para os meus estudos e complementação da minha formação. Eu sei que concorri com pessoas muito qualificadas e por isso o prêmio tornou-se ainda mais especial”, ressaltou Yohan.

O curso de Direito da UniFAI, além do Grupo de Estudos de Direito Constitucional, conta com várias atividades de extensão, como as parcerias com o Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) e com o Núcleo Especial Criminal da Polícia Civil (Necrim), o projeto UniFAI e OAB vão à Escola, o Grupo de Estudos de Justiça Restaurativa, o Júri Simulado e os vários eventos realizados pela coordenação do curso em conjunto com a coordenação de Projetos de Extensão na área de Humanas que iniciaram o primeiro semestre letivo de 2019 com novos propósitos que certamente contribuirão para manter a qualidade e o compromisso acadêmico do curso de Direito da UniFAI.

Por Prof.ª Dra. Fernanda Stefani Butarelo

Revisão de Daniel Torres de Albuquerque