Homem, de 44 anos, foi preso após tentar sacar R$ 74 mil de uma agência bancária através do uso de uma identidade falsa (Foto: Cedida | Polícia Civil)

Um homem, de 44 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Civil após tentar aplicar golpe de estelionato, utilizando documentos falsos, em uma agência bancária de Lucélia. O indiciado tentou sacar indevidamente R$ 74 mil, benefício que o verdadeiro correntista havia recebido do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Segundo a Polícia Civil, a ocorrência foi registrada na manhã desta terça-feira (12), quando representantes do banco acionaram os policiais relatando que um indivíduo havia comparecido na agência identificando-se como correntista e portando documento de identificação. Ele desejava sacar de sua conta uma quantia de aproximadamente R$ 74 mil, recebida a título de benefício do INSS, e em seguida depositá-la em outra conta bancária, de uma terceira pessoa.

Ao ser questionado sobre os detalhes da transação, o homem aparentemente se assustou e deixou a agência bancária, abandonando o documento de identificação apresentado.

Devido a suspeita de estelionato, os policiais de Lucélia e da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) e DISE (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), de Adamantina, foram atrás do suspeito, sendo localizado na rodoviária de Lucélia.

Ele foi interrogado e confessou que foi cooptado por um escritório na cidade de São Paulo para fazer-se passar por correntista em Lucélia com documento falso.

Com isso, o homem foi preso em flagrante por estelionato tentado e uso de documento falso consumado, sendo recolhido à prisão e ficando à disposição do Poder Judiciário para realização de audiência de custódia.