A Câmara Municipal de Adamantina devolveu R$ 332.597,65 de sobras do repasse de verba mensal obrigatória à Prefeitura da cidade. Os duodécimos são transferidos mensalmente pelo Poder Executivo, a fim de que a Câmara use os recursos para custeio, pagamento de salários e investimentos próprios, já que é um poder independente.

O presidente do Legislativo, vereador Eder Ruete (DEM), destacou que a devolução é resultado do compromisso com a austeridade e a eficiência na gestão.

“O respeito com dinheiro público coloca a Câmara de Adamantina como exemplo para outras Casas de Lei, que há anos vem tratando da coisa pública com comprometimento. É uma questão de zelo com o dinheiro do contribuinte e de administrar com responsabilidade”, pontua.

A forma que será gasto o valor devolvido ficará para decisão do Executivo municipal. “Não há uma recomendação formal de como deve ser investido o montante, mas solicitamos que o recurso seja empregado na Saúde, para diminuição das filas de exames, e para compra de caminhão de lixo”, disse Ruete.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui