O Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) tem uma representante entre os 11 finalistas do programa internacional “CEO for One Month – 2019”, Etapa Brasil, organizado pela empresa suíça Adecco S.A..

A jovem Isabela Alcântara, de 21 anos, estudante do 7º termo de Direito, concorre às vagas de CEO Brasil e CEO Global, que visa oferecer a jovens universitários uma oportunidade de aprendizado ao lado de líderes das unidades locais da Adecco S.A., empresa líder mundial em soluções de recursos humanos, com funcionários em 60 países, e que figura na lista Fortune Global 500, publicada pela revista Fortune, com as 500 maiores corporações do mundo todo.

“Através de propagandas que o grupo disponibiliza em sites, bem como nas redes sociais, eles [Adecco] conseguiram despertar meu interesse. Procurei, portanto, me aprofundar e entender mais sobre o assunto e o que seria a Adecco e o programa CEO for One Month. Após isso, me interessei pelo programa e envie o meu currículo, bem como fiz a inscrição para o mesmo, participando, assim, da etapa de seleção. Foram mais de 4 mil universitários do Brasil e 260 mil do mundo todo. Na fase do Brasil sobraram somente os 11 finalistas”, contou Isabela.

Segundo a Adecco Brasil, projeto visa oferecer uma oportunidade de colocar em prática tudo o que os estudantes de Ensino Superior aprendem em sala de aula, desenvolver seus talentos individuais e entender como é a gestão e o funcionamento de uma multinacional.

“Desde o dia 20 de abril, os candidatos passaram por duas etapas. Primeiro houve a triagem inicial, os testes on-lineXpert, entrevistas por vídeos e por telefone. Depois os participantes passaram por uma análise rígida do Grupo que avaliou o entendimento dos candidatos do que é necessário para se tornar um CEO for One Month”, informou a empresa.

Foram escolhidos os 11 finalistas, entre eles Isabela, que participarão da terceira etapa, um boot camp, ou seja, um campo de treinamento, que terá dinâmicas de grupo e entrevista com os diretores da empresa no Brasil, no dia 14 de maio, no auditório da matriz, na cidade de São Paulo.

“O próximo passo é o boot camp no dia 14 de maio em São Paulo, lá seremos testados e entrevistados pelos líderes da Adecco nacional, no final do dia será escolhido o CEO Brasil o qual irá representar tanto a Adecco quanto a universidade a qual pertence no boot camp da Europa, onde será selecionado o CEO Global”, salientou Isabela. Apenas um dos concorrentes será escolhido para trabalhar por um mês com o CEO do Grupo.

O tempo de atuação é de um mês, com a premiação de € 3,5 mil (aproximadamente R$ 15,4 mil). “O Brasil ainda nas edições que participou da competição nunca chegou à edição global e o intuito este ano é de levá-lo a final, por tanto o boot camp lá também será de um mês”, emendou a estudante.

resultado da classificação da Isabela foi publicado nas redes sociais do Grupo Adecco Brasil nesta quarta-feira, 8. Ela disse estar contente por representar a UniFAI nesse desafio. “Meu objetivo é desafiar a mim mesma e aprimorar as capacidades que já possuo, vivenciar uma experiência única de aprendizado e aprimoramento de formação de líderes e trabalhos em equipe. Não medirei esforços para atingir os níveis de excelência que esta empresa irá proporcionar e representar a UniFAI no caminho”, revelou.

Independente do resultado final, a participação de Isabela nesse programa já terá acrescentado muito à sua bagagem de conhecimento profissional. “Penso em aplicar em um estágio na área jurídica de uma empresa multinacional para colocar em prática todas as experiências e habilidades que irei adquirir, terminar minha faculdade e iniciar um mestrado”, completou.

O programa

Segundo informações da assessoria da Adecco Brasil, o “CEO for One Month” começou como um programa nacional na Noruega, em 2011, e foi oficialmente lançado como um programa global em 2014. “Desde então, tem crescido a cada ano para se tornar um dos principais projetos voltados ao desenvolvimento de jovens do Grupo Adecco, sob a proteção da Fundação Adecco, que visa melhorar a preparação de carreira dos jovens e de outros grupos em risco de exclusão que lutam para entrar no mercado de trabalho”, informou.

A Adecco S.A.

Segundo as informações disponíveis no site do Grupo no Brasil, a Adecco, que é líder mundial em Recursos Humanos (RH), atua em 60 países através de 5,5 mil escritórios, proporcionando diariamente empregos a 700 mil pessoas e serviços a mais de 100 mil empresas.

A empresa faz parte da lista 500 da Fortune Global e está cotada na bolsa de Zurique, na Suíça. A Adecco apresenta uma estrutura mundial orientada para a prestação de um serviço integrado na área dos Recursos Humanos, com o compromisso de um desenvolvimento contínuo de soluções eficazes e competitivas para os seus clientes.

No Brasil desde 1989 e presente nas principais capitais econômicas do país, a Adecco Brasil utiliza sua expertise internacional para implantar as mais novas e avançadas técnicas de gerenciamento de RH, alinhadas ao profundo conhecimento do mercado de trabalho nacional. “Nosso compromisso é gerar um alto valor agregado aos serviços que prestamos com respostas rápidas e aderentes às necessidades de nossos clientes e candidatos”, alega a empresa.

Colaborou: Adecco Brasil