O próximo sábado, 10 de agosto, é dia de Hora do Mamaço 2019. O evento é uma ação que faz parte da Semana Mundial do Aleitamento Materno, organizado em Adamantina pelo Gami (Grupo de Apoio Materno Infantil).

É o terceiro ano que o grupo de voluntárias promove a atividade na cidade, que além de reunir mães para amamentar seus bebês na Praça Élio Micheloni, deseja incentivar a amamentação.

“Apesar de ser o alimento mais completo, apenas 38% das crianças de até seis meses no mundo recebem exclusivamente o leite materno. As crianças amamentadas têm menos diarréias, doenças respiratórias, otites, e menos chances de, no futuro, desenvolver doenças como obesidade e diabetes. Além disso, ao sugar o peito, o bebê tem o desenvolvimento mais harmonioso”, destaca a presidente do Gami, Fabiana Freire Marin Pacheco.

Devido à importância do ato, a atividade será promovida por mais um ano na cidade, de forma gratuita e ao ar livre. Será a partir das 10h, na Praça Élio Micheloni.

Gami promove diversas ações voltadas ao aleitamento materno durante o ano, como encontro de orientação realizado em maio (Foto: Cedida)

ENCONTRO DE GESTANTES

Atuando desde 2016 com intuito de prestar assistência eficaz e solidária às mulheres, o Gami realiza diversas ações durante o ano e visitas diárias no setor da maternidade da Santa Casa local.

E uma destas atividades voltadas para as gestantes aconteceu em maio, quando foi promovido encontro que teve o objetivo de auxiliar as futuras mamães a superar os medos, dificuldades e inseguranças, podendo assim, adotar a prática saudável do aleitamento materno.

A atividade contou com palestras informativas, de diversos segmentos, como de fisioterapeuta, enfermagem, nutricionista e dentista. Além das orientações, houve café da tarde, sorteio de brindes e entrega de enxovais. 

“Nossa gratidão a todos que colaboraram com a realização de mais uma ação em prol do aleitamento materno, na verdade, em benefício de nossas crianças. Agradecemos a todos os apoiadores pelo incentivo”, agradece Fabiana e voluntárias.