Tuika Yamamoto de Oliveira Lima falece aos 89 anos (Foto: Arquivo | Grupo IMPACTO)

Aos 89 anos, Tuika Yamamoto de Oliveira Lima faleceu na tarde desta quinta-feira (11), em Adamantina. Ela foi professora e diretora de escola por 35 anos, vereadora por dois mandatos, de 1997 a 2000 e de 2000 a 2004, e uma das fundadoras do Grupo de Apoio ‘Amor Exigente’, que atua junto aos dependentes químicos.

Natural de Piratininga, Tuika foi a primeira vereadora eleita por Adamantina. No ano de 2016, em entrevista ao IMPACTO, ela destacou o feito: “Tive a honra de ser a primeira mulher eleita vereadora em Adamantina. Trabalhei com amor, sempre lutando pelo bem da população como um todo. Já aposentada, tive o privilégio de dedicar tempo integral para junto com o jurídico, estudar e discutir todos os projetos e indicações que chegavam a Câmara Municipal para análise. Tenho consciência tranquila de dever cumprido”, disse Tuika, na época.

Em setembro de 2003, foi escolhida pela revista ‘Leia Hoje’ com uma das vereadoras mais atuantes no Brasil, cuja cerimônia ocorreu no Rio de Janeiro. Em dezembro de 2014, a ex-vereadora foi homenageada com o título de Cidadã Adamantinense, ofertado pela Câmara Municipal. Em 2013 recebeu o título ‘Paul Harris’, uma distinção concedida pela Fundação Rotária aos rotarianos que se destacam na prestação de serviços à sociedade.

Tuika deixa quatro filhos, seis netos e sete bisnetos.

O velório acontecerá a partir das 18h30, na sala 4 do Velório da Saudade, e o sepultamento será realizado no cemitério local, às 16h, desta sexta-feira (12).

Atualizado às 15h43.