No que mais você tem se apegado, no passado, no presente ou no futuro? Talvez não se tenha percebido, mas suas ações no qual realiza pode ser um indicador de como você conduz sua vida, pois se vive hoje reclamando de tudo e de todos, sendo pessimista pra tudo, pode estar vivendo de passado achando que algo tem que ser como antes porque anteriormente era assim e era assado, você vive cheio de esperanças achando que algo vai ser como antes, e isso não acontece e vem às frustrações te deixando pra baixo por pouca coisa e ainda pode buscar companhias que te remeta ao passado trazendo pensamento e ações que não trazem mudança e sim lembranças, cuidado, mude seus pensamentos, suas ações e verás mais resultados positivos.

Agora se você vive lembrando pouco do passado e essas lembranças te remete a fazer algo diferente para algo mais construtivo e assim você se ocupa no presente sendo pro-ativo para si e para os outros, buscando harmonia e prosperidade focando e tendo visões de como sua vida pode ser no futuro, você está sendo autor de sua vida extraordinária. Você usa sentimentos e emoções para gerar propósito de vida saindo da inércia.

Agora se você está tendo pensamentos e comportamentos em que só visa seu futuro apenas! Você está sendo ansioso(a) de mais, quer as coisas para ontem, você tende a sofrer antes da hora buscando um vicio continuo sem saber entender seu perfil e deixando de fazer muitas tarefas no presente que era prioridade.

Tente dar atenção a estes perfis e descobrir como você tem agido para tal, você pode reprogramar sua ações tornando-as sabias e pro-ativas na geração de valores sempre para você e para seu próximo, o mundo evolui todos os dias e nós precisamos evoluir juntos e nunca sozinho.

Pegue este tema e aplique ele na sua vida profissional, pessoal, familiar, social, espiritual, conjugal e tente propor um equilíbrio para você colher mais a qualidade de vida que todos nós buscamos.

Faça planos, aprenda errando pouco e rápido, aja em seus objetivos e metas todos os dias e não desvie deles….

O melhor ainda está por vir!

Forte abraço.