O fascínio causado pelas embarcações sobre as águas data-se lá dos princípios do Período Neolítico, algo em torno de 10.000 anos atrás.  Depois disso né viajantes, foi só evolução.  No antigo Egito, já era sabido montar os cascos com tábuas de madeira. Por volta de 340 a.C. foram muito importantes para a exploração e colonização. E lógico, o ápice da audácia foi o Titanic.

Mas depois dessa despretensiosa aula de história, vamos falar do que realmente nos interessa aqui, viajar!

Mesmo com tantas evoluções, estudos e tecnologia, muitos turistas ainda preferem não entrar em um navio. Bom, vou te dar alguns motivos para você mudar de ideia e pensar que você pode estar perdendo tempo.

Cada ano que passa, as armadoras de Cruzeiros olham para o mercado brasileiro com muita atenção. Só para terem uma ideia, uma delas, aumentou em 22 dias sua extensão ao Brasil, proporcionando assim viagens até a Páscoa de 2.020. Ou seja, a partir de novembro de 2.019 até abril, teremos muitos desbravadores pelos mares. As rotas podem te levar apenas até o litoral sudeste, ao Nordeste Brasileiro ou até o Sul da América do Sul, chegando até Buenos Aires.

Se sua vontade é viajar em um transatlântico, também temos essas opções. Pois quando acaba a temporada aqui no Brasil, os navios rumam sentido Europa e você pode chegar ao velho continente após alguns dias a bordo.

 Vamos aos motivos que acho que você deve considerar para que a sua próxima viagem seja Navio:

– Hoje os navios atendem a todos os tipos de público. Financeiramente falando, há saídas com valores menores que R$ 750,00 por pessoa em sistema All Inclusive. Mas o mar não é o limite e existem cabines de valores superiores a R$ 30.000,00. A escolha é sua!

 – Você pode fazer viagens de 3 dias, se tiver com tempo curto ou maiores de até 11 dias (na América do Sul);

–  É uma excelente oportunidade para conhecer vários lugares na mesma viagem;

–  A refeição já está inclusa, não precisando ter esse gasto extra;

–  Nos navios há muito entretenimento, se você não quiser, nem precisa descer para conhecer as cidades visitadas

–  A tecnologia melhorou muito e dificilmente você enjoará a bordo

–  O custo x benefício é excelente e por pouco investimento você terá muita estrutura. Fora que as armadoras são super flexíveis em relação ao parcelamento da viagem;

E aí, qual o motivo para você deixar de embarcar nessa viagem?

Uma excelente semana e se tiver alguma dúvida sobre navios ou viagens entrem em contato com a Andressa Bonassa Consultoria em Viagem, estamos nas redes sociais!